Take my hand and never let me go.

“A gente precisa parar com essa mania de colocar os problemas em uma mala e sair carregando por aí como se eles fossem essenciais. Não são. Aliás, tudo que te faz mal é completamente descartável.”
— Gabito Nunes (via ga-bi-to)

(via ga-bi-to)

“Todas as vezes que você perdoa, o universo muda. Cada vez que você estende a mão e toca um coração, o mundo se transforma.”
A Cabana.   (via velejo)

(Source: textos-demografar, via gabinovaes)

“E a gente aprende que quando estamos com raiva temos o direito de estarmos com raiva, mas isso não nos dá o direito de sermos cruéis.”
William Shakespeare.   (via cuidei)

(Source: Expurgar, via dadilikegirls)

“Há algo na sua essência que me agrada, me acalma, me diverte.”
Caio Fernando Abreu. (via cuidei)

(Source: cerimoniais, via dadilikegirls)

“Recordações valem mais do que vestidos.”
O diário de Anne Frank.  (via readmitir)

(Source: delator, via gabinovaes)

“Aqueles que pregam amor não têm amor. Cuidado com os pregadores, cuidado com os sabedores. Cuidado com aqueles que estão sempre lendo livros. Cuidado com aqueles que detestam pobreza ou que são orgulhosos dela. Cuidado com aqueles que elogiam fácil, porque eles precisam de elogios de volta. Cuidado com aqueles que censuram fácil, eles têm medo daquilo que não conhecem. Cuidado com aqueles que procuram constantes multidões, eles não são nada sozinhos. Cuidado com o homem comum, com a mulher comum, cuidado com o amor deles. O amor deles é comum, procura o comum, mas há genialidade em seu ódio, há bastante genialidade em seu ódio para matar você, para matar qualquer um. Sem esperar solidão, sem entender solidão eles tentarão destruir qualquer coisa que seja diferente deles mesmos.”
Charles Bukowski. (via distanciarei)

(Source: decepciona, via whooa)

“Há tanta gente destruída emocionalmente.”
Eu me chamo Solidão.   (via relativei)

(Source: telegrafos, via intimatedreams)